1-5.png

Setembro 7, 2017by Neide Rangel

Quem me conhece sabe que dou muito valor à expressão:

Os Olhos é que comem …

Claro que a seguir podem chegar os outros sentidos todos, Olfacto , Audição e Textura (crocante, cremoso, esponjoso ..) e por fim (microlésimos de segundos) o tão esperado Paladar.

Esta receita vai ao encontro do “CHALLENGE” desta semana. Porque este mês de Setembro todas as semanas (Domingos) vou-vos sugerir (através de imagens) uma sugestão de um dia alimentar, e ao longo da semana selecciono uma das opções que dei e dou-vos a receita, outras já têm no Blog, portanto a minha Dica é irem seguido 🙂

 

INGREDIENTES:

(para 2 pessoas)

  •  2 Postas de Salmão Selvagem (120g cada aproximadamente);
  • 1 a 2 limões em Rodelas
  • Manjericão fresco Picado (também adoro Funcho ou Endro)
  • Sal e Pimenta rosa/preta q.b
  • Azeite extra virgem
  • 1/2 Beringela + 1/2 Curgete
  • Rúcula e Tomate cherry

PREPARAÇÃO:

Certifique que as 2 postas de salmão selvagem estão totalmente descongeladas (pode deixar no frigorifico no dia anterior, assim vai descongelar lentamente), para fazer uma marinhada durante pelo o menos 30minutos, antes de cozinhar.

Tempere com sal e pimenta e corte o limão em rodelas e disperse sobre as postas,  pressione com garfo para ir libertando algum sumo (não colocar o sumo de limão porque assim vai cozer o salmão). Pique um bom molho de manjericão fresco e esfregue bem nas postas. Coloque um fio de azeite extra virgem sobre as mesma e deixe repousar.

Entretanto corte os legumes em rodelas e tempera com um pouco de sal e pimenta e fio de azeite, envolva e deixe repousar uns minutos.

Entretanto vá grelhando os legumes. Numa frigideira bem quente (que poderá ser a mesma que depois irá fazer o salmão), coloque um spray de Azeite e grelhe as rodelas de legumes, o tempo vai variar consoante a largura das rodelas, mas esteja atente … grelhar não é torrar 🙂 Preparae a salada de rúcula e tomate cherry (corte em metades). Reserve os legumes até arrefecer um pouco e só depois (na altura de servir) misture com a salada crua.

Vá então buscar as posta de salmão ao frigorifico e retire as rodelas de limão. Com a frigideira  bem quente (a mesma), ponha um pouco de spray de azeite e coloque as postas, com a pele virada para baixo, cada lado fica apenas 3 minutos aproximadamente, não esteja sempre a virar.

Depois sirva junto com a Salada, temperada na altura, coloque 2 rodelas de limão no prato, caso queira temperar o salmão mais um pouco.

Bom Apetite !!! 

 


bolo2_Easy-Resize.com_-1280x1007.jpg

Agosto 4, 2017by Neide Rangel

Eu Tenho um PROBLEMA …

Não sei se vocês tem o mesmo problema que eu … então é o seguinte:

Os teus amigos/ familiares / “namorido”  pedem-te ou tu propões fazer um Bolo para a sobremesa ?!?!?!

1º Quem pede um Bolo a uma Nutricionista que adora inventar não estará à espera de um Bolo “normal” ?

2º Os meus Bolos por vezes sofrem de Xenofobia 😀

E ai está o desafio … primeiro não saberem ( ou não parecer) que fui eu que fiz , e depois que as papilas gustativas das pessoas aprovem.

E assim foi o último convite para fazer uma sobremesa na casa de uma das minhas melhores amigas (que vai casar … xiuuu).

INGREDIENTES: 

  • 90g de Farinha de Teff (pode utilizar Farinha de Amêndoa)
  • 150g de Farinha de Arroz
  • 70g de Cacau puro em pó
  • 150g de Açúcar de Coco (pode substituir por açúcar amarelo)
  • 300g de Curgete
  • 2 Ovos inteiros (separar a gema da clara)
  • 1 c. sopa de Bicarbonato de Sódio
  • 1 c. Chá de Fermento sem Glúten
  • 1 c. Chá de Extrato de Baunilha Bio

 

 

RECEITA:

  • Pelo o menos na cozinha gosto de ter tudo orientado, até porque a minha cozinha (para quem conhece) é muitooo pequena.
  • Assim começo em 1º lugar a pesar e reservar todos os ingredientes que vou necessitar.  Depois colocar o meu forno a aquecer em 180ºC. De seguida, trituro na Bimby (ou processador de alimentos) a curgete até ficar quase que puré e reservo num passador para ir libertando a água … depois de tudo organizado  é rápido.
  • Deixo a minha forma já pincelada com óleo de coco (1ª pressão) e polvilhada com cacau em pó ( que tirei até da quantidade que estava reservada.
  • Na Bimby coloco peneiro os ingredientes secos e depois colocar a curgete a baunilha e as 2 gemas ( que foram previamente batidas) e numa velocidade 4-6 (lamina invertida) e durante 30-40 segundos, uniformizo toda a massa.
  • Depois bato as claras em Castela (foi mesmo com máquina manual pois como só tenho 1 copo da Bimby, a logística não deu). Para as Claras ficarem rijinhas adiciono uma pitada de sal.
  • Coloco a massa numa taça alta e depois em dois momentos vou colocando as claras e envolvendo suavemente com uma espátula (a ideia é o bolo ficar mais leve e fofinho).
  • Colocar no forno, reduzi para 170ºC e deixei cerca de 30-40 minutos . É um bolo seco, mas a ideia não será deixar secar demais.
  • Sirva 1 fatia do seu bolo com 1 c. sopa de Iogurte grego natural e umas frutas silvestres.

Resultado final ninguém percebeu ou suspeitou que tinha Curgete e “Cenas” estranhas e foi quase todo devorado … Desafio conseguido!! 🙂

Felizmente, estamos a passar uma fase, em que as pessoas estão receptivas a ingrediente que até então desconheciam e formas de confeccionar pratos mais saudáveis.

Nunca é tarde para abrirmos mão dos nossos preconceitos – Henry Thoreau

Bom Fim-de-Semana!