26167426_782235015298391_813917027568252648_n.jpg

Janeiro 8, 2018by inn

Quem é que não ficou perplexo com esta fabulosa mudança ?!? 

Decidi então partilhar um pouco mais ao pormenor do meu trabalho com o Ricardo.

É muito importante as pessoas interiorizarem que não basta o querer perder peso ou procurar o melhor profissional da área … elas têm que FAZER, sair da sua zona de conforto, perceberem qual a sua motivação e tê-la sempre bem presente.

Um caso como o do Ricardo não é de todo um procedimento fácil, é uma mudança de 180º graus, pois tal como referi na entrevista à Men’s Health “não podemos nunca esperar resultados diferentes se continuarmos a fazer consecutivamente o mesmo”.

A primeira consulta é sem dúvida a mais extensa, para terem uma ideia, uma primeira consulta minha demora 80 minutos, pois é muito importante questionar uma série de aspectos para definir e estruturar o  plano mais adequado à pessoa que temos à nossa frente.

Recordo-me que o Ricardo ficou a olhar para mim e o seu sub-consciente devia estar a pensar “onde me fui meter” . Perguntas como: dorme bem ? como funciona o seu intestino? Mastiga ? tem caibras ? dormência? qual a altura do dia que está mais cansado? libido?  … mas ao longo da consulta fui explicando ponto a ponto o porquê das coisas e ai ganhei o cliente mais exemplar que tive até hoje.

Mas a verdade é que quando o Ricardo veio ter comigo, já tinha perdido uns bons quilos, mas estava numa fase de estagnação, cansado, com quebras de energia e com difícil recuperação muscular.

 

“Começamos por trabalhar o intestino, a desintoxicação hepática, as quebras de energia, a recuperação dos treinos, o controlo das cargas glicémicas e a fornecer outros aportes que estavam em falha”.

O meu maior cuidado, não só com o Ricardo, mas com todos os clientes é fornecer ideias, receitas e sugestões adaptadas aos gostos, rotinas e “carteira” de cada um.

“Os olhos comem” …  farto-me de usar esta expressão, pois temos que ter prazer na nossa alimentação, claro que existem ingredientes ou opções que devemos dar algum tempo para as nossas papilas gustativas se adaptarem, mas se for bom à vista é meio caminho para se tornar um hábito.

O Ricardo adora cozinhar, o que é uma ajuda fantástica, pois desde o momento que lhe fui dando ferramentas e ele sabia o que podia ou não comer ele próprio me sugeria receitas, mas numa fase inicial aceitou sem contestar as minhas ideias … todas as consultas acrescentamos palavras/ingredientes novos no seu dicionário … Borotutu, Spirulina, Curcuma, BCAAS, Endivias , Proteína de Cânhamo, Maca, Inhame … 🙂

As consultas eram feitas mensalmente e o plano reajustado todas as vezes, sempre em sinergia com o PT Nuno Silva, que me ia dando o feedback de como o nosso “menino” se estava a aguentar e como iria fazer o próximo ciclo de treinos.  Muito por este fantástico trabalho de equipa é que o Ricardo não teve uma lesão e nos últimos 3 meses, onde fez bi-diários, a sua recuperação dos treinos era óptima.

Obviamente que trabalhamos com alimentação e suplementação em sintonia.  A suplementação não passa apenas por produtos desportivos, estou a falar também de todos aqueles que, por carência da alimentação ou por necessidade individual, estão relacionados com a saúde, como probióticos, vitaminas, minerais, omega 3, melatonina … Mas atenção deixo sempre o alerta para caso se pretendam suplementar peçam ajuda a um profissional que esteja habilitado para vos prescrever,  existem “mil” marcas no mercado, há que conhecê-las, se não até podem por em risco a vossa saúde.

O meu trabalho baseia-se na individualidade, pois cada um de nós possui características únicas, com particularidades físicas, digestivas, emocionais e metabólicas exclusivas. Por isso uma alimentação personalizada é que vai ditar o verdadeiro sucesso.

Neste momento continuamos o nosso trabalho, com a manutenção destes fabuloso resultados … uma fase muito importante onde normalmente é negligenciada pelas pessoas.

Deixo então o meu muito Obrigada ao Ricardo por toda a dedicação e confiança. Um Obrigada aos nossos Profissionais do exercício que tiveram envolvidos neste resultado impressionante. E um Obrigada a uma pessoa que gostei muito de conhecer pelo seu profissionalismo e dedicação, Pedro Lucas.

 

Neide Rangel – Nutricionista

www.inn.com.pt

@innbyneiderangel

/inn.insidenutrition

 


46hyh-754x394.jpg

Janeiro 6, 2018by inn

Bommmm Anooooo !!!

Espero que tenham todos passado uma fantástica época festiva, sempre com “pecados conscientes” 🙂

Hoje Dia de Reis e nada melhor para vos presentear que uma Receita saudável de ….. Bolo Rainha (eheheh)

E tenho 2 bons motivos para fazer o Bolo Rainha:

  1. Para elogiar todas as mulheres … somos todas umas Rainhas
  2. Porque não aprecio Bolo Rei, muita fruta desidratada e cristalizada (não é bem o meu palato)

O MEU BOLO RAINHA 

INGREDIENTES:

  • 1 Chávena de chá de frutos secos picados a gosto (amêndoas, nozes, pinhão, castanha do brasil, avelã);
  • 2 Colheres de sopa de Farinha de Amêndoa peneirada;
  • 2 Colheres de sopa de Amido de Milho biológico;
  • 300 gramas de Farinha de Espelta peneirada;
  • 5 gr de Fermento biológico para pão
  • 6 Tâmaras Medjool (sem xarope de açúcar, transformadas em puré, adicione 2 a 3 colheres de sopa de água quente para bater);
  • 4 Colheres de sopa (60ml) de Bebida Vegetal sem açúcar  (eu usei de amêndoa, da Alprosoja sem açúcares);
  • 3 Colher de sopa (45ml)de Vinho do Porto (não podia faltar, desculpem)
  • 4 Colheres de Sopa (60ml) ( de Óleo de coco bio de 1ª pressão);
  •  3 Colheres de sopa (45ml) de Sumo de Maçã 100%;
  • 1 Colher de sopa cheia de Puré de maçã
  • Raspa de laranja a gosto (eu usei 1/2);
  • Pitada de Sal
  • 1 Ovo para pincelar
  • Stevia branca peneirada para polvilhar (eu usei da BIOSAMARA)

PREPARAÇÃO:

Como já partilhei com vocês a minha cozinha é mínima, logo demoro o dobro do tempo (exagero) que qualquer pessoa a cozinhar pois tenho que ser organizada. Assim os passos que eu sugerir nesta receita são por pura logística minha, caso o façam de outra forma e funcione sejam livres 🙂

No dia anterior (ontem) coloquei as minhas Tâmaras Medjool a demolhar em água morna para repousarem durante a noite e decidi fazer o meu puré de maçã, podiam comprar já feito em lojas bio, mas o mês de Janeiro não está para gastos, até porque tinha maças em casa para aproveitar, então decidi fazer maçãs assadas no forno e dai aproveitar uma para transformar em puré.

Pré-aqueci o forno nos 180ºC e coloquei a fazer uma infusão de gengibre, pau de canela e casca de laranja (ficam com aroma divinal), enquanto ia preparando as minhas maçãs, lavar e retirar o caroço. Num tabuleiro fundo coloquei parte da Infusão (que arrefeci um pouco com pedras de gelo) e dispus as maças, envolvendo-as naquela infusão aromática, usei pau de canela dentro das maças e verifiquei se necessitava de mais infusão ( não queremos as maçãs afogadas em líquido). Foram ao forno cerca de 20-30 minutos a 180-160ºC (Ia de vez a vez regando com a infusão para aromatizar). Após estarem prontas retirei então uma maça para transformar em puré  (sem casca) e reservei no frigorifico.

No dia seguinte (Hoje), em primeiro coei as tâmaras e transformei em puré, fui colocando umas colheres de sopa apenas para ajudar a triturar, mas ideia é ficar um puré mais consistente.

Envolvi todos os ingredientes secos numa taça e os ingredientes líquidos/purés noutra. Misturei as duas partes e amassei bem até estar tudo envolvido, ou seja, dei uma “sova” na massa e coloquei a cruz no centro. Deixei repousar, para levedar, num sítio quente, pelo menos, 1h30, até que aumente para o dobro do tamanho. Depois de repousar, mãos na massa outra vez, moldar em forma de coroa e decorar com alguns frutos secos (faça uma ligeira pressão). Deixei repousar mais 30 minutos. Pincelei com ovo batido e levei ao forno pré-aquecido a 180.º cerca de 30-35 minutos (vá estando de olho). Retirei o nosso lindo Bolo de Rainha do forno e polvilhei com a Stevia em pó (para substituir o açúcar em pó).

 

Espero que gostem e que se desafiem a fazer trocas mais saudáveis nas vossas receitas!

 

Bom Apetite e um Excelente

Dia de “Rainhas” (puxar a brasa a minha sardinha)

🙂 

(A fotografia não corresponde à realidade, pois não sou muito “pró” a tirar fotos, logo ainda tem que ser tratada, segue depois, apenas queria que ficassem com uma ideia visual.)


25630369_10156045073988556_1955220163_n.jpg

Dezembro 22, 2017by inn

Não sei se vocês são tão friorentos quanto eu … mas eu tenho sofrido um pouco!

E o que me apetece nesta altura do ano ? Numa Sexta-feira fria, com a loucura do trânsito que está lá fora e com as luzes de fundo da minha Árvore de Natal ?!?!?

Um Saboroso, Cremoso e Saudável CHOCOLATE QUENTINHOOOO !!!!

 

CREAMY AND HEALTHY HOT CHOCOLATE

INGREDIENTES: 

  • 1 Chávena de Leite de Amêndoa sem açúcares (usei da Alpro Soja, podiam também usar Leite de Coco)
  • 1 Colher de Sopa de Cacau Puro em pó (usei da ISWARI)
  • 1 Colher de chá de Mel (podiam usar açúcar de coco, não usei porque já não tinha em casa)
  • 1 Colher de café de Extrato de Baunilha bio
  • 1 Colher de chá de Amido de Milho
  • 1 Pau de canela

 

PREPARAÇÃO:

Num tacho coloque todos os ingredientes em lume brando e vá mexendo com uma varinha de varas até ir engrossando. 10 – 15 minutos e Plim … querem mais simples que isto ?

 

Depois digam-me se não vos ajudou a aquecer 🙂

 

BOM PROVEITO !!!!

 


Bacalhau_Broa.jpg

Dezembro 15, 2017by inn

Laughter is timeless; Imagination has no age; And Dreams are Forever – Walt Disney

TIC TAC, TIC TAC … Está quase a chegar o grande dia onde me encontro novamente com o meu querido Pai Natal!  Não sei quanto a vocês, mas isto só é sinal que (até) me continuo a portar bem 🙂

E Natal sem Bacalhau não é Natal … partilho uma receita diferente, cheia de sabor e confeccionada sempre com muito Amor.

BACALHAU COM “BROA” 

INGREDIENTES (Para 8 pessoas)

  • 8 Postas de Bacalhau
  • 1 Molho bom de Espinafres (podem utilizar Grelos)
  • 2 Pães da MIOLO de Batata Doce e Milho
  • 1 Molho de Coentros
  • Alho (eu utilizo muito)
  • Azeite Extra-Virgem
  • Couves Variadas

PREPARAÇÃO

  1. 3 Dias antes deixe as postas de Bacalhau num recipiente com água e vá trocando diariamente por água nova.
  2. No dia coza as postas e bacalhau e reserve, quanto conseguir desfiar o Bacalhau, de forma a não ficar demasiado desfiado, mas em lascas; Não elimine a água. Coloque logo o forno a pré-aquecer a 180ºC.
  3. Com a água do Bacalhau dê um entalão nos espinafres, já lavados e arranjados. Entretanto pode colocar a cozer as couves (eu não dispenso as couves).
  4. Entretanto com a ajuda da Bimby ou processador de alimentos, coloque o pão MIOLO aos pedacinhos, alho laminado, um bom fio de azeite e o molho de coentros (sem talos e já lavados). Pique grosseiramente e caso seja necessário vá adicionado aos poucos o azeite de forma a ficar picado, mas sobrinho (não em pasta).
  5. Numa frigideira larga coloque alho picado e fio de azeite para saltear os espinafres. Em simultâneo, numa panela coloque a ferver (ligeiramente) azeite com bastante alho laminado (este será o azeite para temperar toda a travessa que irá ao forno).
  6. Por fim, numa travessa alta e larga distribua os ingredientes: azeite aromatizado, lombos de bacalhau, espinafres. Va regando com o azeite aromatizado (não necessita de exagerar, depois pode colocar na mesa a mais para quem quiser servir). Por fim coloque a “Broa” e leve ao forno pré-aquecido, perto de 20 minutos ou até o tempo da “Broa” estar mais crocante.
  7. Sirva uma boa dose de couve a acompanhar o seu Bacalhau.

 

E que tal parece-vos bem ?! 🙂

Espero que vos seja útil este TWIST cheio de Magia de Natal.

 

BOM APETITE !!!

 

 


Captura-de-ecrã-2017-12-08-às-13.05.34.png

Dezembro 8, 2017by inn

Dear Santa, I can explain …. 🙂 

Hoje como prometido trago-so uma  S O B R E M E S A !!! (uauuuu )

Fácil, Saborosa, Divertida e Saudável … Para quem organiza estes dias festivos sabe bem que estes itens são  essenciais para a escolha das Receitas. E melhor pode fazer no dia anterior e ainda colocar a parte final deste trabalho ao encargo das vossas crianças 😉

Todos a ajudar torna sempre um Natal bem mais divertido e em família, não concordam?

BRIGADEIROS DE NATAL 

 

INGREDIENTES: 

  • 400g de Tâmara Medjool (sem açucares)
  • 1 Chávena de Chá de Cajus crus
  • 1 Chávena de Chá de Amêndoa Torrada sem sal
  • 1 Chávena de Chá de Pistacho cru sem casca
  • 2 Colheres de Sopa cheias de Cacau cru em pó (100%)
  • 2 Colheres de Sopa cheias de Óleo de Coco (100%)
  • 1/2 Chávena de água natural (pode ser necessário um pouco mais)

 

 

 

PREPARAÇÃO: 

No dia anterior à preparação da receita, retire o caroço às tâmaras e deixe-as a demolhar em água durante a noite. Tenha atenção na escolha das tâmaras, não queremos aquelas todas cheias de brilho, pois estão revestidas com xarope de açúcar, queremos mesmo aquelas mais feinhas com aspecto opaco. Eu comprei as minhas na Makro, mas existem em vários lojas e mercados.

 

Chega o dia de prepararmos nossos brigadeiros e como a minha cozinha é pequeninaaaaaa (eu acho que faço milagres neste micro espaçinho … hihi) eu tenho que ter tudo organizado.

 

Sendo assim, começo primeiro por pensar o que vou utilizar para as coberturas dos meus Brigadeiros, penso no sabor mas também na cor, então começo por picar grosseiramente alguns ingredientes (não queremos farinha, nem necessitam de ficar uniformes) e reservar outros.

  • 1 chávena de chá de Pistacho cru picado
  • 1 chávena de chá de amendoim torrado com sal (compro amendoim torrado sem sal e depois quando vou picar coloque umas pitadas de flor de sal)
  • 1 chávena de chá de Bagas de Goji picadas 
  • 1 chávena de Cacau em pó 
  • 1 chávena de chá de coco ralado (100% coco)

 

 

Assim já tenho a minha “linha de montagem”,preparada para depois ser só enrolar e empratar, com opções para todos os gostos.

Agora sim … por as mãos na massa !

Com a ajuda da Bimby ou de um bom processador de alimentos, junte primeiro as tâmaras (elimine e água de onde estiveram a demolhar) com o óleo de coco derretido e a chávena de água, misturo até ter um puré homogéneo (pode necessitar de adicionar um pouco mais de água até chegar à consistência desejada. Adiciono o cacau e misturo novamente.

De seguida misturo os restantes frutos secos (os que coloquei no item dos ingredientes), mas vou misturando aos poucos, normalmente coloco metade de cada porção, misturo e vou adicionado conforme a consistência pretendida.

O objectivo é ficar com uma consistência de massa de brigadeiro, para depois conseguirmos enrolar.

Caso a massa esteja no ponto, mas difícil de manusear coloque 30 minutos no frigorifico.

Para terminar, finalizamos com a parte mais divertida fazer bolinhas (a ideia é saborear não exagerem na forma) e enrolar com as opções que decidimos.

Caso façam de véspera reservem no frigorifico numa caixa de vidro, e quando for servir retire 15 minutos antes. 

Coloquem numa travessa, intercalem as cores e sirvam. Fica óptimo a acompanhar o café ou chá nos finais das refeições.

Mais uma vez, eu sou suspeita mas quando experimentarem partilhem 🙂

BOM APETITE  … E PARA A SEMANA

ACHO QUE VOU FAZER UM PRATO QUENTE ?!? 


Captura-de-ecrã-2017-12-01-às-12.44.08.png

Dezembro 1, 2017by inn

CREME DE ABOBORA COM CAJU

 

Tenho que vos confessar …. eu AAAAAAMMMMMOOOOO esta altura do ano 🙂  As cores, os cheiros, as decorações, a nostalgia, os momentos, o Pai Natal.

Sim o Pai Natal continua a ir, todas as noites de Natal, a minha casa (mesmo quando já não existiam crianças pequeninas), continuo a sentir aquele “friozinho na barriga“, quando às 23h30 os mais novos (agora com as sobrinhas) vamos para o quarto e às 24h o sino toca … um sino de ferro que emana o som da minha infância … continua a fazer-me sentir criança outra vez … Obrigada meu querido Pai Natal por tornares estes dias tão mágicos.♥

Todas as Sexta-feiras de Dezembro vou colocar aqui no Blogue receitas com cheirinho a Natal …. para tornar o vosso Natal saboroso e cheio de saúde.

Hoje trago-vos um Creme com uma leveza e sabor incríveis . Mas estejam atentos, na próxima semana será uma sobremesa 🙂

INGREDIENTES: 

  • 1/2 Abóbora Hokkaido
  • 1/2 Pimento Vermelho
  • 1 Cebola média
  • 1 Dente de alho
  • 1L de Água
  • 2 cm de Raiz de Gengibre
  • 80-100g de Caju natural
  • 1-2 Sementes de Cardamomo
  • 1 c. Chá de Sal Marinho
  • 1 C. Sopa de Azeite Extra-Virgem (ou Óleo de Coco )
  • 1 c. Chá  de Curcuma com Pimenta preta (utilizei da BIOSAMARA

 

PREPARAÇÃO:

No dia anterior, coloque os Cajus demolho em água a hidratar (ou no mínimo 4h antes), de forma a torná-los suaves para o nosso creme.

Com um descascador retire a casca e as sementes da Abóbora (se pretender pode reserv

ar as sementes, lave-as, e coloque a demolhar em água, pode utilizar num batido por exemplo), elimine as sementes e a parte branca do Pimento vermelho (para ser de mais fácil digestão), e pique os restantes ingredientes, cebola e alho. Coloque na Bimby (até 100ºC), ou em lume brando, durante 20 minutos.

Com a ajuda de um almofariz e um pilão coloque a gengibre, cortada aos bocadinhos, cardamomo, sal e a gordura (azeite ou óleo de coco), e envolva bem.

Após os 20 minutos, veja se os legumes estão suaves, quase a desfazer (caso não estejam deixe mais uns minutos) e triture até transformar em puré.

De seguida, coloque as especiarias que foram moídas, a curcuma e escorra a água dos cajus,  junte ao creme e deixe estar em lume brando (ou Bimby 100ºC máximo) durante mais 15 minutos.

Triture o preparado muito bem até transformar numa sopa cremosa e leve  (pode ter que ajustar a quantidade de água caso fique muito espesso).

Sirva bem quente para sentir todo o aroma … é Deliciosa !!!!

Mas sou suspeita … digam-me vocês 🙂

 

Bom Apetite e não se esqueçam ….

para a semana sai uma Sobremesa ♥

 

 

 


untitled-32-of-34-e1399936989141.jpg

Novembro 8, 2017by inn

Vamos celebrar este dia com uma receita, obviamente, cheia de saúde 🙂

O Friozinho já começa a espreitar, pelo o menos para mim que sou muito friorenta, por isso já apetece algo mais reconfortante.

Esta receita podem utilizar para um “Lanche das 5” , que acompanhado com um chá bem quentinho fazem as minhas delicias de um final de dia.

Pode também ser uma excelente opção a enviar para os os seus filhos levarem para a escola .

Recordo, por favor … façam invenções das minhas receitas, coloquem outras cores e sabores … a Base, a Ideia e o Equilíbrio Nutricional estão aqui, mas sejam criativos.

FUNNY CUPCAKES 

INGREDIENTES: 

  • 1 Banana da Madeira
  • 1/2 Chávena de chá de Sementes de Girassol
  • 1/2 Chávena de chá de Caju
  • 4 Claras de Ovo
  • 1 Colher de Sobremesa de Óleo de Coco
  • 2 Colheres de Sopa de Farinha de Amêndoa
  • 1 Colher de Sopa de Sumo de Limão
  • 1 Colher de Chá de Extrato de Baunilha Bio
  • 1 Colher de Chá de Canela em pó
  • 1 Colher de Chá de Fermento Sem Glúten
  • 1/2 Colher de Chá de Sal Marinho
  • 1 Colher de Sobremesa de Mel
  • 2 Colheres de Sopa de Sementes de papoila
  • Nozes picadas Q.B

 

PREPARAÇÃO:

  1. Coloque o forno pré-aquecido a 180ºC
  2. Num frigideira, sem gordura e em lume médio, coloque as Sementes de Girassol e o Caju a tostar ligeiramente, cerca de 2 minutos, apenas até sentir o cheirinho.
  3. Depois com a ajuda da Bimby (ou um processador de alimentos) coloque os frutos secos até ter uma farinha.
  4. Junte os Ingredientes secos numa taça.
  5. Bata as Claras em castelo (pode utilizar a Bimby) e enquanto estão a finalizar colocar o óleo de coco uns segundos no Microondas até derreter, junte depois o Mel e os restantes liquido e envolva bem.
  6. Reserve as Claras e bata os ingredientes secos junto com os líquidos e a banana. Após estar tudo homogéneo envolva as claras suavemente.
  7. Pincele as formas com Óleo de coco ou Spray de abacate e coloque cerca de 2 a 3 colheres de sopa, de modo a perfazer cerca de 2/3 da forma (para dar espaço para crescer). Coloque um pouco de nozes picadas (1 Colher de Sobremesa aproximadamente) envolva e polvilhe com sementes de papoila.
  8. Coloque no forno cerca de 20 minutos (observando ao minuto 10), o ponto é até ficar douradinho.

Bom Apetite ! 

 


pexels-photo-259363_Easy-Resize.com_-1280x853.jpg

Novembro 3, 2017by inn

T.C. , 36 anos, Grávida do 2º 🙂 

“Conheci a Drª. Neide por um acaso do destino.

Estava grávida, do primeiro trimestre, e sentia-me “fraca”. Pensei que uma nutricionista podia-me ajudar, mas quem escolher numa altura tão especial?

Quando estava a ler uma revista vi vários nutricionistas e a Drª Neide chamou-me a atenção, pois no seu currículo falava da sua experiência com grávidas. Não tardou muito até contacta-la.

A fraqueza do primeiro semestre, especialmente de manhã,  acabou por passar sendo que a dica de comer abacate à noite ajudou-me .

No segundo e terceiro  semestres veio uma forte azia que foi minorada com outros segredos, como por exemplo o gengibre.

A Dra. Neide é uma nutricionista que verdadeiramente “ vê” e “ouve” a pessoa e cria um plano alimentar ajustado às suas  necessidades . ”

 

É por estas e por outras que  A M O  o que faço 🙂 Mais um sobrinho(a) para me alegra o dia … Obrigada minha querida pelas suas palavras !

 

Trabalho é Amor tornado visível -Khalil Gibran


Captura-de-ecrã-2017-10-25-às-15.44.48.png

Outubro 28, 2017by inn

Quem não gosta de um bom Spaghetti ???  Simples, al bolognesa, al nero … de qualquer forma e feitio … emocionalmente o que queremos é Spaghetti. 🙂 

Venho-vos então dar uma nova versão das mesmas … mais uma vez eu e os meus TWIST.

E porque não fazermos um Spaghetti de Legumes, bem colorido e cheio de sabor 🙂

Não tem Espiralizador ??? E agora ?!?!?!  (Pânicooooo)

Não tem problemaaaaaa …. em vez de Spaghetti faz um belo Tagliatelle , com o quê ?!? Um descascador … Plimmmmm 🙂

Utilize: Cenoura, Courgette, Beterraba, Batata doce, Abóbora ou Mandioca

Como é que eu Confecciono ? 

  1. Escolho a proteína que pretendo, normalmente vario entre: salteado de Gambas , Peru em tiras ou Salmão braseado;
  2. Selecciono outros ingredientes para dar riqueza ao meu prato: Cogumelos , Espinafres, Brócolos, Pimento vermelho, Tomate cherry, Quinoa, Feijão ou Lentilhas ( aqui têm que pensar se pretendem ou não dar alguma carga de hidratos, eu, normalmente não coloco pois é um prato que faço à noite por ser fácil);
  3. Escolho um Pesto caseiro de : Abacate ; Tomate ;  Salsa   (Coloca na liquidificadora dente de alho, pinhão ligeiramente torrado, sumo de limão, pouco sal , folhas de manjericão e depois o meu ingrediente chave, abacate ou outro. Bater tudo e vou adicionando suavemente o azeite até obter uma consistência tipo creme);
  4. Ter um boa frigideira Wok e a magia começa a acontecer.
  5. Começo por picar alho e cebola fininhas coloco na wok com um pouco de óleo de coco ou fio de azeite extra-virgem e deixo aquecer um pouco ( não precisa de fritar ), depois colocar a proteína seleccionada e vou envolvendo, de seguida adiciono os restantes ingredientes até ficar no ponto de confecção que pretendo, acerto os sabores e coloco o lume no mínimo. Aqui adiciono o Spaghetti / Tagliatelle e vou envolvendo com os restantes ingredientes 1 a 2 minutos, o objectivo é ficar al dente. Sirva num prato largo e regue com um pouco do Pesto caseiro, adicione uns frutos secos (nozes partidas grosseiramente) polvilhe com uma erva fresca (manjericão ou salsa picada) e Voilá. 

Esta é a minha versão saudável e prática de terem uma “massa” no vosso prato 🙂

Façam o favor de melhorar e inovar esta receita … o que mais custa é desafiarmo-nos a nós próprios.

Bom Apetite !


Captura-de-ecrã-2017-10-11-às-11.39.50.png

Outubro 11, 2017by inn

A verdade é que já estamos em Outubro e já começa a apetecer algo mais reconfortante para um pequeno-almoço, e nada melhor do que estas papas que o vão manter cheio de energia sem descurar da parte proteica.

Depois digam-me se não é delicioso 🙂

 

INGREDIENTES:

 

  • 3 Colheres de Sopa cheias  de farelo deaveia ( pode utilizar farelo de quinoa ou de arroz)
  • 150 ml de Claras
  • 1 Colher de Café de Canela em pó
  • 1 Casca de Limão
  • 1 Colher de Café de Sementes de Chia
  • 100ml de Leite de Amêndoa   (ou coco ) sem açucares

 

 

PREPARAÇÃO:

  1. Colocar um tacho ao lume com a bebida vegeta, o farelo de aveia, as sementes de chia e a casca de limão.

  2. Mexer sempre até engrossar ligeiramente (fazer em lume baixo e ir mexendo sempre)

  3. Quando já estiver quase a ficar com a consistência de papa, baixamos o lume ao mínimo e adicionamos a clara de ovo, mexemos bem; a clara de ovo ao entrar em contacto com a aveia quente vai ficar cozinhada.

  4. Levamos novamente o tacho ao calor e continuamos a mexer mais um pouco, só para terminar de cozinhar a clara de ovo e ficar bem misturada com a aveia.

  5. Servimos numa uma taça e adicionamos 1/2 banana em rodelas (ou outra fruta pequena) , polvilhamos com amêndoa laminada (ou sementes de abóbora) e sementes de cânhamo e polvilhamos com canela. (pode também colocar umas pepitas de cacau cru da ISWARI e Plim tem o toque mais guloso)

 

Acordar 10 minutos mais cedo vai valer a pena 🙂